Estrada financiada pela China ajuda a facilitar fluxo de tráfego e movimentação de mercadorias em Ruanda-Xinhua

Estrada financiada pela China ajuda a facilitar fluxo de tráfego e movimentação de mercadorias em Ruanda

2022-09-21 10:39:34丨portuguese.xinhuanet.com

Trânsito em uma estrada reformada por uma empresa chinesa em Quigali, Ruanda, no dia 16 de setembro de 2022. (Foto por Huang Wanqing/Xinhua)

Projeto de melhoria de estradas em Ruanda, contratado pela China Road and Bridge Corporation (CRBC), ajudou a facilitar o fluxo de tráfego e promover o comércio contínuo ao longo dos distritos de Quigali-Bugesera, leste de Ruanda.

Quigali, 19 set (Xinhua) -- Um projeto de melhoria de estradas em Ruanda contratado pela China Road and Bridge Corporation (CRBC) ajudou a facilitar o fluxo de tráfego e promover o comércio contínuo ao longo dos distritos de Quigali-Bugesera, leste de Ruanda.

A estrada melhorada, que se estende por 13,8 km, começa na rotatória Sonatube em Quigali, capital de Ruanda, através do setor Gahanga até a ponte Akagera no distrito de Bugesera. Faz parte de uma avenida que leva ao novo Aeroporto Internacional Bugesera de Ruanda, localizado a 40 km ao sul do Aeroporto Internacional de Quigali.

A CRBC, que iniciou o projeto atualizado em 2019 e levou mais de três anos para finalizá-lo devido a fatores como o COVID-19, recebeu elogios dos moradores locais por melhorar a estrada para facilitar o fluxo de tráfego e o movimento de mercadorias e pessoas, além de estimular crescimento econômico ao longo da rodovia Quigali-Bugesera.

"Antes da melhoria desta estrada, sofríamos com o tráfego pesado principalmente no centro da cidade de Kicukiro porque a estrada era estreita com apenas duas vias. Esta estrada é usada principalmente por pessoas que viajam de Quigali para a cidade de Nyamata no distrito de Bugesera e um muitas pessoas usam essa estrada diariamente", disse Emmanuel Habineza, comerciante que usa a estrada, em entrevista à Xinhua.

Ele disse que antes da atualização da estrada ele levou 45 minutos para transportar seus produtos da cidade de Gahanga para a cidade de Kicukiro, mas agora após a melhoria da estrada, leva apenas 20 minutos. "A estrada é de alto padrão e bonita. Isso agiliza nossa movimentação, economiza nosso tempo e impulsiona o comércio", disse Habineza.

Habineza elogiou a empresa chinesa por apoiar a modernização da estrada que, segundo ele, permitiu que os moradores aumentassem seu comércio e facilitassem o fluxo de tráfego ao longo da estrada.

Falando à Xinhua em uma entrevista, Tian Chong, gerente do projeto, disse que antes da melhoria da estrada, era apenas uma estrada urbana de duas vias e de baixo padrão.

"O prazo do contrato é de 24 meses. Devido ao impacto da pandemia e a demolição de dutos locais, o andamento foi atrasado, e o prazo de construção foi prorrogado em 15 meses e meio", disse Tian. "Nós melhoramos a estrada para duas vias de quatro pistas e em algumas seções ao longo dela, chegamos a duas vias de seis pistas. Isso facilitou o movimento do tráfego ao longo desta estrada".

"Também construímos um viaduto no centro de Kicukiro ao longo da estrada. Antes da construção do viaduto, havia congestionamentos diários que interrompiam a circulação de mercadorias e pessoas nesta estrada. Agora, não há mais engarrafamento", disse ele.

O fluxo de tráfego geral melhorou muito ao longo da estrada para o distrito de Bugesera, disse Tian.

"Sempre adotamos um modelo de gestão localizado, e a maioria dos trabalhos qualificados e comuns são realizados por trabalhadores locais. Ainda temos mais de 500 funcionários locais em nosso projeto. Desde o início da construção, o projeto já formou milhares de trabalhadores técnicos", explicou ele.

A atualização da estrada foi projetada e construída de acordo com os padrões chineses, assim como de acordo com o padrão rodoviário de primeira classe da China, disse Tian.

Segundo ele, a estrada apresenta um cinturão verde central e vegetação com características locais, como palmeiras e girassóis.

"Com a construção e conclusão do projeto, muitas lojas, residências e alguns prédios de escritórios foram construídos ao longo da estrada, o que tem desempenhado um certo papel na promoção da economia local ao longo dela", disse Tian.

"Tive a sorte de conseguir um emprego como secretária para o projeto rodoviário. Comecei a trabalhar com a China Road and Bridge Corporation em 2016 e o ​​pagamento é bom. Posso pagar as mensalidades escolares para meus filhos e ter um bom padrão de morando em Quigali", disse à Xinhua, Liliane Nikuze, uma das funcionárias do projeto rodoviário.

Ela acrescentou que o CRBC ofereceu oportunidades de emprego a muitos ruandeses, incluindo ela, e isso melhorou muito suas vidas e renda.   

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com