Premiê chinês insta que China e Japão promovam cooperação econômica-Xinhua

Premiê chinês insta que China e Japão promovam cooperação econômica

2022-09-23 12:22:15丨portuguese.xinhuanet.com

(Xinhua/Yan Yan)

Beijing, 22 set (Xinhua) -- O primeiro-ministro da China, Li Keqiang, disse nesta quinta-feira que a China está pronta para trabalhar com o Japão para atualizar a cooperação em todos os campos, de ampla gama e vários níveis, observando que a China apoia a comunidade empresarial japonesa para que continue aproveitando as oportunidades de desenvolvimento e expanda ativamente sua presença no mercado chinês a fim de que sejam alcançados resultados mutuamente benéficos.

Li fez as observações durante um diálogo de alto nível por videoconferência com representantes da comunidade empresarial japonesa. Ele trocou opiniões com os representantes sobre uma ampla gama de tópicos, incluindo relações China-Japão, cooperação econômica e comercial, desafios econômicos e financeiros globais, mudanças climáticas e envelhecimento da população.

Observando que a China e o Japão marcarão o 50º aniversário da normalização das relações diplomáticas em poucos dias, Li disse que a China e o Japão são vizinhos importantes e a segunda e terceira maiores economias do mundo, respectivamente. Manter o desenvolvimento sólido e constante dos laços bilaterais serve aos interesses de ambos os lados, promove o bem-estar dos dois povos e salvaguarda a paz, a estabilidade e o desenvolvimento da região e do mundo.

Nos últimos 50 anos, as relações China-Japão tiveram grandes progressos no geral. Os dois lados devem lutar por uma convivência pacífica e amigável, respeitar os princípios estabelecidos nos quatro documentos políticos entre os dois países, ver o desenvolvimento um do outro de forma objetiva e racional, e impulsionar o desenvolvimento constante e a longo prazo das relações China-Japão, disse Li.

China e Japão têm vantagens econômicas complementares, e sua cooperação mostra grande resiliência e potencial, disse Li. A China está pronta para trabalhar com o Japão para melhorar a cooperação em todos os campos, de ampla gama e vários níveis, e fazer bom uso da Parceria Econômica Abrangente Regional (RCEP, em inglês) para explorar o potencial de crescimento econômico regional.

"A China aumentará os voos diretos entre a China e o Japão de forma ordenada para facilitar ainda mais as trocas de pessoal sob a premissa da prevenção e controle da COVID-19", disse o primeiro-ministro.

Ele disse que a China está firmemente comprometida com o desenvolvimento pacífico, pedindo aos dois países que se respeitem, tratem um ao outro como iguais, aumentem a confiança mútua, lidem adequadamente com as diferenças, mantenham conjuntamente um ambiente externo pacífico e um ambiente regional estável e percebam o desenvolvimento comum da China, do Japão e de outros países da região.

Li observou que neste ano a pressão para baixo sobre a economia chinesa aumentou devido a impactos de fatores que superaram as expectativas. A China respondeu decisivamente, fez ajustes oportunos e trabalhou para estabilizar o emprego e os preços. A economia chinesa continuou a funcionar dentro de uma faixa apropriada e está mostrando uma tendência global de recuperação.

Li ressaltou que a China adotará uma abordagem realista e fará o seu melhor para trabalhar em direção a resultados razoáveis no desenvolvimento econômico durante todo o ano. A China continua comprometida com a política básica de abertura do Estado e nunca deixará de abrir suas portas para o mundo exterior.

O país continuará aprofundando as reformas para delegar poder, simplificar procedimentos administrativos e otimizar serviços do governo, disse Li. Também criará um ambiente de negócios internacional orientado ao mercado e baseado na lei, e garantirá que as regulamentações sejam transparentes, estáveis e previsíveis, disse ele.

A China também relaxará ainda mais o acesso ao mercado e garantirá que os direitos de propriedade intelectual sejam estritamente protegidos, acrescentou.

"Esperamos que a comunidade empresarial japonesa continue aproveitando as oportunidades de desenvolvimento da China, expandindo ativamente sua presença no mercado chinês, fortalecendo a cooperação com parceiros chineses e alcançando mais benefícios mútuos e resultados recíprocos", disse Li.

Representantes da comunidade empresarial japonesa disseram que o Japão e a China são parceiros cooperativos muito importantes. A comunidade empresarial japonesa está otimista com as perspectivas do desenvolvimento econômico da China, e disse que expandirá ativamente seus negócios no país e se esforçará para construir relações econômicas Japão-China que atendam às exigências da nova era.

Os representantes também expressaram esperança de que os dois países aproveitem a aplicação da RCEP para expandir a cooperação na economia, comércio, proteção ambiental, saúde e envelhecimento das populações, melhorar o intercâmbio entre pessoas e promover a paz e o desenvolvimento dos dois países, da região e do mundo.

(Xinhua/Xie Huanchi)

(Xinhua/Xie Huanchi)

  •  

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com