Destaque: Comemorações do Festival da Primavera mostram características da cultura chinesa aos estudantes iranianos-Xinhua

Destaque: Comemorações do Festival da Primavera mostram características da cultura chinesa aos estudantes iranianos

2023-01-21 17:20:57丨portuguese.xinhuanet.com

Pelo escritor da Xinhua, Gao Wencheng

Teerã, 19 jan (Xinhua) – Pela primeira vez muitos estudantes de língua chinesa da Universidade do Teerã, no Irã, comemoraram o Ano Novo Chinês, ou Festival da Primavera, e tiveram uma experiência pessoal das práticas culturais do país, quando o Instituto Confúcio fez uma aula ao ar livre na quarta-feira em um parque na capital iraniana.

Este evento deu "oportunidade preciosa", disse Mobina Moradkhani, estudante chinesa do terceiro ano, acrescentando que os estudantes iranianos esperam participar dessas atividades culturais e vivenciar o Ano Novo Chinês há muito tempo.

Assim que os alunos viram os enfeites do evento, como dísticos e lanternas, isso arrancou muitos sorrisos e eles não deixaram de tirar fotos com os enfeites vermelhos.

Li Mei, diretora chinesa do Instituto Confúcio da Universidade do Teerã, disse que desde o surto de COVID-19, há mais de três anos, esse Instituto Confúcio realiza principalmente atividades culturais e de ensino chinês on-line, que encontraram muitas dificuldades.

Agora, essa "aula de cultura" aproveitou o Festival da Primavera para compensar a falta de comunicação presencial nos últimos anos, acrescentou Li Mei.

Com o entre professores e alunos, é esperado que os estudantes iranianos compreendam melhor a cultura chinesa e o Festival da Primavera, disse ela à Xinhua.

Na "aula de cultura", os professores explicaram as tradições do Ano Novo Chinês, enquanto os jovens estudantes iranianos seguiram seu exemplo, fechando os punhos e curvando-se ligeiramente para saudar o Ano Novo à maneira chinesa.

Zeynab Ghaoorian, aluno do primeiro ano do Instituto Confúcio, foi surpreendido pela tradição do dinheiro da sorte. Quando os iranianos comemoram o Nowruz, o ano novo iraniano, os idosos também dão dinheiro da sorte assij como as gerações mais jovens.

"É incrível que os dois países tenham culturas parecidas", disse ela.

Para Moradkhani, a maior característica da tradicional passagem de ano nos dois países é a "importância da família".

"O Festival da Primavera chinês e o Festival Nowruz iraniano têm muito em comum", observou ela. "Ambos valorizamos muito a família".

Os professores do Instituto Confúcio também cortaram o caractere chinês "fu" que significa "boa sorte" com papel, praticaram caligrafia e Taijiquan, uma arte marcial chinesa, para mostrar a cultura chinesa de diferentes maneiras aos estudantes iranianos.

Depois de interpretar o significado do caractere chinês "fu", a professora Li Li escreveu "fu" com um pincel chinês, espalhando a beleza artística da caligrafia chinesa para seus alunos.

De acordo com Li Li, o Instituto Confúcio começou um curso de caligrafia para alunos do primeiro ano neste semestre, com especialização em chinês. Depois de um semestre de aprendizado, os alunos desenvolveram mais interesse pela caligrafia chinesa.

"A atividade de escrever 'fu' combina aula de caligrafia e costumes do Festival da Primavera para que os alunos entendam melhor que caligrafia não é apenas um tipo de cultura e arte, mas também intimamente relacionada à vida cotidiana", disse ela.

Seus alunos confirmaram tudo isso. Depois que ela terminou um caractere "fu", quase todos os alunos levantaram a mão para tirar dúvidas.

Enquanto isso, a demonstração de Taijiquan de outro professor Wang Xinhua também impressionou muitos. Ele começou a aula na hora e ajudou dois alunos a corrigir seus movimentos de kung fu.

Ghaoorian disse que já viu vídeos curtos de kung fu, mas assistir ao vivo foi incrível.

"Com os exercícios de Taijiquan os alunos podem melhorar seu bem-estar físico e entender a cultura chinesa", disse Wang, que planeja abrir um campo de treinamento para alunos no próximo semestre.

Na opinião de Li Mei, a "aula de cultura" permitiu aos alunos assistir e participar nas atividades dos chineses que comemoram a Festa da Primavera, o que será inspiração para mais interesse pelo aprendizado da língua chinesa.

"Amo a China e o idioma chinês. Por isso que quero aprender mais sobre os dois. Adoraria trabalhar com o povo chinês ", disse Ghaoorian, muito entusiasmado.

"Nunca esquecerei esse dia. O único lado negativo é que o tempo passou muito rápido", disse Mohammad-Javad Jahan-Ara, outro aluno.

"Para os professores chineses que ensinam chinês no exterior, o evento é inesquecível e significativo para se reunir com seus queridos alunos e colegas durante o Festival da Primavera", disse Liu Xiaxuan, uma professora.

"Quem disse que o Festival da Primavera não pode ser comemorado fora da China?", disse ela, sorrindo.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com