Primeiro grupo de turistas chineses chega ao Egito desde que surto de COVID-19 começou-Xinhua

Primeiro grupo de turistas chineses chega ao Egito desde que surto de COVID-19 começou

2023-01-24 10:31:55丨portuguese.xinhuanet.com

O embaixador da China no Egito, Liao Liqiang (4º, direita, 2ª fileira) e a vice-ministra de Turismo e Antiguidades do Egito, Ghada Shalaby (3ª D, 2ª fileira) e outros posam para foto de grupo com turistas chineses no Aeroporto Internacional do Cairo, no Cairo, Egito, em 20 de janeiro de 2023. (Xinhua/Sui Xiankai)

Cairo, 21 jan (Xinhua) -- Antes do próximo Ano Novo Chinês, o Egito recebeu o primeiro grupo de turistas chineses na sexta-feira desde o surto de COVID-19 que eclodiu há três anos.

Durante uma cerimônia de recebimento do grupo de turistas chineses no Aeroporto Internacional do Cairo, o vice-ministra de Turismo e Antiguidades egípcia, Ghada Shalaby, saudou os turistas chineses, mostrando a vontade de ver mais desses grupos no país.

Destacando a atenção que o Egito presta à saúde e segurança dos turistas, Shalaby disse que todos os trabalhadores dos hotéis egípcios e instalações turísticas foram vacinados e treinados levando em consideração os mais altos padrões de saúde e segurança.

Os turistas chineses encontrarão muitos produtos chineses no Egito e isso fará com que se sintam em casa, acrescentou ela.

Turistas chineses são recebidos no Aeroporto Internacional do Cairo, no Cairo, Egito, em 20 de janeiro de 2023. (Xinhua/Sui Xiankai)

Yehia Zakaria, presidente da EgyptAir Holding Company, também comemorou a chegada do grupo de turistas chineses, observando que tanto os dois países se orgulham das antigas civilizações com histórias tão ricas.

Segundo Zakaria, a quantidade de voos semanais entre o Egito e a China aumentará para 13 a partir de março, sendo sete deles para a cidade de Guangzhou, no sul, três para a cidade de Hangzhou, no leste, e três para Beijing.

No discurso feita na cerimônia de boas-vindas, o embaixador da China no Egito, Liao Liqiang, agradeceu ao governo e ao povo egípcio pelo caloroso recebimento dos turistas chineses e desejou os dois países tenham uma longa amizade.

"Acreditamos que, em breve, a quantidade de turistas chineses e voos para o Egito voltará aos níveis antes da pandemia", disse Liao

Feng Jian, turista da cidade de Chengdu, no sudoeste da China, disse que é a primeira vez vem ao exterior desde que a pandemia começou.

"Fiz minha primeira viagem ao Egito, pois o país, assim como a China, também é uma das quatro civilizações antigas e quero vivenciar essa cultura", disse ele à Xinhua.

Artista egípcia executa dança tradicional da saia egípcia para saudar a chegada dos turistas chineses no Aeroporto Internacional do Cairo, no Cairo, Egito, em 20 de janeiro de 2023. (Xinhua/Sui Xiankai)

Fu Bo, outro turista de Beijing, disse que sempre quis visitar o Egito porque gosta da história e da cultura do país.

"Dizem que geralmente os egípcios são amigáveis com os turistas chineses, então espero visitar o Egito com mais frequência", acrescentou Fu.

A China costumava ser a quarta maior fonte de turistas para o Egito antes da pandemia.

Em 2019, o Egito recebeu 13,1 milhões de turistas, com suas receitas de turismo atingindo um recorde de 13,03 bilhões de dólares americanos antes que a pandemia afetasse gravemente o setor.

Turistas chineses são recebidos no Aeroporto Internacional do Cairo, no Cairo, Egito, em 20 de janeiro de 2023. (Xinhua/Sui Xiankai)

Durante o primeiro semestre de 2022, no entanto, cerca de 4,9 milhões de turistas visitaram o Egito, registrando um aumento de 85,4% em relação ao mesmo período de 2021, segundo a agência oficial de estatísticas do Egito.

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com