Vice-presidente do Brasil lidera reunião interministerial para discutir cooperação com a China-Xinhua

Vice-presidente do Brasil lidera reunião interministerial para discutir cooperação com a China

2023-02-16 12:29:45丨portuguese.xinhuanet.com

Rio de Janeiro, 16 fev (Xinhua) -- O vice-presidente do Brasil, Geraldo Alckmin, liderou nesta quarta-feira a primeira reunião interministerial de coordenação da Comissão Sino-Brasileira de Alto Nível de Concertação e Cooperação (COSBAN), para analisar a cooperação com a China nas mais diversas áreas.

O encontro, realizado no Palácio do Itamaraty, sede da chancelaria brasileira em Brasília, teve como objetivo fazer com que os ministérios possam alinhar propostas e requisitos a serem discutidos com o governo chinês.

"Foi uma reunião preparatória com vários ministérios desta ida à China e para reunião da COSBAN. O objetivo é reunir mais investimentos, energia renovável, hidrogênio verde, infraestrutura, complexo de saúde, aeroespacial, agricultura, turismo. Não há nenhuma área que não possa ser implementada", disse Alckmin depois da reunião.

O vice-presidente destacou que a China é o principal sócio comercial do Brasil, com um fluxo bilateral de US$ 150 bilhões anuais, e um superávit brasileiro de US$ 28 bilhões.

"Há US$ 70 bilhões em investimentos da China no Brasil", enfatizou Alckmin, que afirmou acreditar que essa cifra pode aumentar.

Estiveram presentes ao encontro os ministros da Educação, Camilo Santana; Defesa, José Múcio; Cidades, Jader Filho; Pesca e Aquicultura, André de Paula, e a ministra de Turismo, Daniela Carneiro, além dos secretários executivos das pastas.

Alckmin informou também que em 27 de fevereiro haverá uma reunião entre técnicos de cada ministério para que os temas sejam sistematizados e afinados para finalmente serem levados a Lula.

Após o encontro, o ministro da Educação, Camilo Santana, informou que foi discutido o potencial de cooperação com a China na sua área. "O foco se concentrará na educação digital", comentou em sua conta no Twitter.

"Um dos objetivos do presidente Lula é garantir, até o final de seu governo, que todas as escolas públicas brasileiras estejam conectadas a Internet de banda larga e que disponham também de equipamento para o acesso de alunos e professores. O Ministério da Educação está interessado em cooperar nesse âmbito", acrescentou.

A COSBAN foi criada durante a visita presidencial de Lula à China, em 2004, durante seu primeiro mandato e tem como objetivo promover contatos regulares a cada dois anos entre altos representantes dos dois países a fim de fomentar as relações bilaterais. 

Fale conosco. Envie dúvidas, críticas ou sugestões para a nossa equipe através dos contatos abaixo:

Telefone: 0086-10-8805-0795

Email: portuguese@xinhuanet.com